DestaqueJustiça

Alcobaça: Ex-prefeito perde direitos políticos após tentativa de suborno

O ex-prefeito de Alcobaça, Leo Brito (PSD), foi condenado à perda dos direitos políticos por oito anos após ser flagrado em uma tentativa de suborno. O caso foi denunciado pelo Bahia Notícias durante a campanha eleitoral (veja aqui). A decisão atinge ainda o ex-candidato a vice, Dr. Pedro. Ambos foram julgados por abuso de poder.

Nas imagens, o candidato a reeleição à prefeitura de Alcobaça, Leo Brito, e o candidato a vice, Dr. Pedro, teriam tentado subornar o presidente do PT local, Rubens Lene Rodrigues Farias, o Rubão. A denúncia relata que os investigados negociaram a compra de apoio político de candidatos e lideranças partidárias que estariam alinhados ao então candidato a prefeito Givaldo Muniz, configurando prática de abuso de poder.

De acordo com os autores da denúncia, Givaldo Muniz e a “Coligação Para Reconstruir Nossa História e Cuidar da Nossa Gente” teriam oferecido a Rubão a quantia de R$ 10 mil. Além dele, teriam tentado subornar a vereadora Alessandra de Souza Alves e Eliar Severino da Silva.

As denúncias foram julgadas procedentes pelo juiz Gustavo Vargas Quinamo, aplicando aos investigados a sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição de 2020.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios