DestaqueMeio Ambiente

Baleias jubarte chegam mais cedo ao Arquipélago de Abrolhos para acasalar

Em ritual anual de acasalamento e reprodução, as primeiras baleias jubarte já começaram a aparecer no arquipélago de Abrolhos, litoral do extremo sul de forma antecipada. A espécie viaja por cerca de dois meses da Antártida até o Brasil para se reproduzir. Geralmente o espetáculo segue até o mês de novembro.

Especialistas explicaram que a chegada antecipada desta temporada, que espera mais de 20 mil baleias, é atribuída às condições climáticas e oferta de alimentos nas áreas da espécie. A ONG Baleia Jubarte, que trabalha para a preservação da espécie, está acompanhando a expedição dos animais pela costa brasileira.

No arquipélago de Abrolhos, considerado o principal berçário da espécie, já foram registradas a presença de baleias fenômeno que atrai centenas de turistas para a região todos os anos. As Jubartes também já foram avistadas na Praia do Forte em Salvador, em Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo.

Os pesquisadores também estão preocupados com a quantidade de encalhes e acidentes com redes de pesca. Algumas baleias ficam presas e acabam morrendo. Somente este ano, já são 53 registros, 17 a menos que em 2020.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios