CidadesDestaque

Itamaraju: Garis realizam protesto em frente a prefeitura para cobrar insalubridade

Os garis de Itamaraju realizaram um protesto na manhã desta terça-feira 13, para reivindicar o pagamento do adicional de insalubridade.

Um grupo de garis ocupou a frente do Centro Administrativo (CEAD) exibindo faixas e cartazes para chamar a atenção do prefeito Marcelo Angênica (PSDB) para que estabeleça o diálogo com a categoria.
O ato teve início por volta das 10h, e segundo informações, os garis deixaram o prédio da prefeitura sem conseguir falar com o gestor municipal.

Segundo a Associação dos Garis de Itamaraju (Agita), a norma trabalhista estabelece o adicional de insalubridade em grau máximo (40% do salário mínimo) ao profissional que varre ruas, mas esse benefício não é pago pela gestão pública municipal.

A categoria argumenta que se submete a uma jornada de trabalho não só penosa, como também insalubre, em função das condições em que é exercida, do manuseio de produtos para limpeza, higiene e conservação, bem como do contato com lixo e detritos, muitas vezes em estado de decomposição ou contaminado, que podem provocar doenças e moléstias graves.

Eles afirmam que o secretário de Governo da prefeitura tentou agendar uma reunião com Angênica, mas ele se negou a receber os servidores públicos. Até o momento a prefeitura não se manifestou sobre a questão.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios