CidadesDestaque

Moradores de Itanhém protestam contra hospital fechado

Moradores da cidade de Itanhém, no extremo sul da Bahia, protestaram nesta terça-feira 4, após seis dias de atendimentos médicos suspensos no Hospital Maria Moreira Lisboa, único hospital do município.

Os funcionários estão em paralisação por falta de pagamento desde a quarta-feira, 28. Quem buscou atendimento durantes esses dias foi surpreendido pelos portões fechados. Um aviso foi colado na porta da unidade informando sobre a suspensão das atividades.

O Hospital Maria Moreira Lisboa é filantrópico e mantido com verbas do governo do estado. De acordo com funcionários da unidade médica, repasses que deveriam ter sido feitos pelo estado ainda não ocorreram e, por isso, os pagamentos estão atrasados há três meses.

Em nota, a Secretaria da Saúde da Bahia informou que o atraso ocorreu por conta de uma prorrogação para envio das bases de dados da produção hospitalar para o Ministério da Saúde. Segundo o comunicado, a situação deve ser normalizada em 15 dias.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios