Religião

Mutirão de Confissões na Diocese de Teixeira de Freitas

A quaresma é o tempo propício para a reconciliação com Deus, para isso, a Igreja nos oferece o sacramento da confissão. Na Diocese haverá Mutirão de Confissões para que os sacerdotes possam atender todos aqueles que buscam a graça.

Confissão ou Penitência é o Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para que os cristãos possam ser perdoados de seus pecados e receberem a graça santificante. Também é chamado de sacramento da Reconciliação.

O sacramento da Penitência foi instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, segundo nos ensina o Evangelho de São João.

A Igreja tem autoridade para perdoar os pecados através do sacramento da penitência?

Sim, a Igreja tem esta autoridade porque a recebeu de Nosso Senhor Jesus Cristo: “Em verdade vos digo: tudo o que ligardes sobre a terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes sobre a terra será também desligado no céu” (Mt 18,18).

Para se fazer uma boa confissão são necessárias 5 condições:

  • a) um bom e honesto exame de consciência diante de Deus;
  • b) arrependimento sincero por ter ofendido a Deus e ao próximo;
  • c) firme propósito diante de Deus de não pecar mais, mudar de vida, se converter;
  • d) confissão objetiva e clara a um sacerdote;
  • e) cumprir a penitência que o padre nos indicar.

Confira o calendário completo:

Como deve ser feita a confissão?

Diga o tempo transcorrido desde a última confissão. Acuse (diga) seus pecados com clareza, primeiro os mais graves, depois os mais leves. Fale resumidamente, mas sem omitir o necessário. Devemos confessar os nossos pecados e não os dos outros. Porém, se participamos ou facilitamos de alguma forma o pecado alheio, também cometemos um pecado e devemos confessá-lo (por exemplo, se aconselhamos ou facilitamos alguém a praticar um aborto, somos tão culpados como quem cometeu o aborto).

Os padres e bispos também se confessam?

Sim, obedientes aos ensinamentos de Cristo e da Igreja, todos os Padres, Bispos e mesmo o Papa se confessam com frequência, conforme o mandamento: “Confessai os vossos pecados uns aos outros” (Tg 5,16). 


Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios