Porto Seguro: Prefeito em exercício ensaia rompimento com ex-gestora afastada pela PF


Beto do Axé Moi (PP), prefeito em exercício de Porto Seguro, estaria aguardando o Carnaval passar para romper de vez com a antiga companheira de chapa, a prefeita afastada Claudia Oliveira (PSD). Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias, a articulação é considerada nos bastidores como muito avançada, tanto que o progressista demitiu, no início de janeiro, cerca de 150 funcionários, boa parte deles ligada à gestão de Cláudia e do marido José Robério (PSD), ex-prefeito de Eunápolis.

A prefeitura informou, no entanto, que as exonerações não tiveram qualquer critério político. O ex-vice, que assumiu o cargo majoritário em novembro, também exonerou Maurício Pedrosa, secretário de Relações Institucionais da cidade, apontado como homem forte da administração da social-democrata. As reformas nos bastidores também passariam por novas licitações de empresas que prestam serviços ao município da Costa do Descobrimento.

De acordo com o burburinho político, novas empresas de coleta lixo e de transporte escolar estariam prestes a ser contratadas por Beto com preço inferior ao praticado anteriormente. Claudia Oliveira foi afastada em novembro a pedido da Polícia Federal, após ser alvo de Operação Fraternos, que apura a suspeita de desvios de R$ 200 milhões (lembre aqui). Beto, que compôs a chapa como o vice de Claudia nas duas eleições, apostaria que a Justiça não deve decidir pelo retorno da política ao cargo, por isso tem tomado as medidas contrárias aos interesses de seus aliados. O Bahia Notícias tentou entrar em contato com o prefeito em exercício, mas não obteve resposta.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA