DestaquePolicia

Prado: Polícia conclui investigações de assassinato de jovem

O delegado Kléber Gonçalves chegou à autoria do homicídio de Danilo Pereira de Jesus, que caiu em uma emboscada e foi morto a tiros no dia 28 de novembro, em Guarani, distrito do Prado. Segundo a Polícia, uma cartucheira de fabricação caseira foi utilizada para cometer o crime. As suspeitas recaíram sobre Tauan Gasparino de Paula e Erlan dos Santos vulgo ‘Tauan e Railan’ que despareceram do distrito de Guarani.

Os acusados haviam roubado um veículo Fiat/Uno, branco, e na ação usaram armas de fogo compatíveis com as usadas no crime contra Danilo. As investigações levaram a polícia até o esconderijo da dupla onde a esposa de um deles foi presa em uma localidade conhecida como Aldeia Monte Dourado. Com ela foi encontrada a arma do crime e também uma porção de maconha.

Após a prisão da mulher, os acusados do homicídio tentaram fugir para Eunápolis, mas, foram alcançados e presos em Itabela, com um veiculo roubado. Com a prisão preventiva decretada, os acusados vão responder presos pelo crime.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios