DestaquePolitica

Prefeito de Itamaraju não comparece a reunião sobre segurança

O prefeito de Itamaraju, Marcelo Angênica (PSDB), faltou a uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 10, realizada na capital do Estado onde foi tratado a situação alarmante em que se encontra a segurança pública no município governado pelo médico tucano.

A reunião foi provocada após o município atingir o número alarmante de 30 homicídios contabilizados em apenas 150 dias. Segundo publicação do Mapa da Violência, esse número coloca a cidade de Itamaraju entre uma das mais violentas do Brasil, onde a média de homicídios por grupo de 100 mil habitantes é de 31,6 por ano.

Em Salvador o Secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, acompanhado do comandante geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Brando, e do delegado geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardino Brito Filho, recebeu em seu gabinete o deputado federal Valmir Assunção, o presidente do Diretório Municipal do PSD de Itamaraju, Luiz Mário, o venerável da Loja Maçônica Deus Caridade e Justiça, Jorge Luiz; o advogado Geraldo Seles representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); o presidente do diretório do PT de Itamaraju, Ranieri Botelho; o dirigente estadual do MST, Leandro Dominicini; os vereadores Rubens do Hospital (MDB), Marcão da CUT (PT), Som de Nova Alegria (PT), o presidente da Casa legislativa, Adriano Pinaffo (MDB) e os deputados estaduais Tum e Tiago Correia.

Apesar de convidado, o prefeito de Itamaraju não compareceu à reunião. A ausência de Marcelo Angênica gerou revolta da população, que encarou como “falta de de interesse” dos gestor em buscar soluções para a problemática da segurança. Um internautas chegou a ironizar a ausência do prefeito que teria sido motivada pelo fato de que Angênica queria acompanhar a instalação dos enfeites juninos na cidade: “Ele estava ocupado acompanhando a instalação das bandeirolas nas ruas de Itamaraju”.

A reunião teve efeitos positivos como o anúncio do comandante geral da Polícia Militar que informou que já encaminhou uma viatura para a 43ª CIPM e mandará mais duas motocicletas. O coronel ainda se comprometeu em ceder uma viatura nova exclusiva para patrulhamento ostensivo na zona rural e enviar 8 novos policiais militares para reforçar o efetivo.

Ainda foi garantida a reforma da estrutura física da Delegacia da Polícia Civil local, e a substituição da delegada titular da polícia civil, Rosângela Santos, que dará lugar a outro delegado.

Artigos relacionados

1 pensou em “Prefeito de Itamaraju não comparece a reunião sobre segurança”

  1. Que vergonha senhor prefeito, a cidade sendo devastada por uma onda de violência assustadora e você nem aí para o povo que o elegeu… o povo tinha que tomar vergonha na cara e deixar ele sozinho na festa de São João juntamente com os cantores a quem ele deve ter contratado por um valor absurdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios