CidadesDestaqueVídeos

Suspeita de fraude em sorteio de casas populares em Itamaraju revolta moradores

O sorteio das 1004 casas populares do Programa Minha casa Minha vida, que ocorreu nesta segunda-feira 18 em Itamaraju, gerou muito descontentamento por parte dos inscritos. O sorteio foi eletrônico e tudo corria bem até o processo ser encerrado sem que todas as casas fossem sorteadas.

Segundo os inscritos, além dos 22 nomes repetidos ainda faltou sortear 148 imóveis, descartando cerca de 160 inscritos no programa do Governo Federal. Pessoas que se inscreveram na esperança de ser beneficiadas, denunciam que quando o sorteio chegou ao número 856 o sistema deu a escolha dos mutuários das casas localizadas no bairro Bela Vista como finalizada.

Na estratégia montada para a escolha das unidades habitacionais, foram abertos dois campos para informar os nomes ao vivo em um telão instalado no local. O primeiro campo foi formado por idosos e o segundo por pessoas especiais. Cada campo importou 80 nomes totalizando 160 inscritos, mas no sistema não aparecia os nomes, mas somente a quantidade importada, o que para os presentes, acabou por comprometer a idoneidade do sorteio.

A possibilidade de haver duplicidade no processo de escolha foi confirmada durante o evento. Quem acompanhou o sorteio afirma que para enganar as pessoas inscritas, os 160 nomes, que a principio ficaram de fora, foram incluídos no grupo dos idosos e pessoas especiais.

O descontentamento foi tão grande que houve principio de tumulto após o sorteio. O grupo da administração pública acabou deixando o local rapidamente. Mesmo assim, após o evento, um grupo de pessoas foi para a frente da casa do prefeito Marcelo Angênica (PSDB) para cobrar o sorteio das unidades habitacionais que eles afirmam ter ficado de fora do sorteio.

O protesto foi gravado por um vizinho de Angênica e mostra pessoas chutando o portão da residência irritadas.  Informações não confirmadas dão conta que o mesmo grupo também teria ido até a sede do executivo municipal. Até o fechamento desta matéria na manhã de terça-feira 19, ninguém havia se pronunciado sobre o episódio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios