DestaqueEducação

TJ-Ba declara greve ilegal e professores enceram grave em Guaratinga

Após uma decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Ba) determinando o fim da greve, professores da rede municipal de Guaratinga decidiram, em assembleia encerrar a greve nesta terça 13.

Na decisão, a justiça declarou que a paralisação iniciada pela categoria como abusiva. Com fim da greve, o planejamento escolar envolvendo diretores e professores deve ocorrer permitindo aos alunos iniciar o ano letivo na próxima segunda-feira 19.

Caso não retornassem ao trabalho, o sindicato da categoria  seriam penalizado com multa diária de R$ 3 mil por descumprimento da medida. Os professores que reivindicavam o pagamento de 50% do 13º salario relativo ao ano de 2017 foram forçados a retornar as aulas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios