CidadesDestaque

Tomada de Contas identifica dano ao erário em quadra de Nova Alegria

Um procedimento de Tomada de Contas Especial, movido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano contra a Prefeitura de Itamaraju identificou que a construção de um centro de convivência e uma quadra poliesportiva no Distrito de Nova Alegria teve irregularidades e causou prejuízo ao erário público.

Segundo o relatório final apresentando pela Comissão Permanente de Tomada de Contas Especial, a execução das obras do centro de convivência e da quadra poliesportiva causaram prejuízo de R$ 82 mil aos cofres do Estado, provavelmente pelo desvio de recursos públicos.

Ainda de acordo com o documento, o Governo do Estado irá mover uma Ação de Reparação de Dano com o objetivo de recuperar os recursos que supostamente foram desviados na execução da obra e que causaram prejuízo ao erário público. No mês de agosto acontecerão na Prefeitura de Itamaraju duas auditorias do Tribunal de Contas dos Municípios para averiguar supostas irregularidades em denúncias formuladas ao órgão.

Em 2017 foi denunciado que o prefeito de Itamaraju, Marcelo Angênica, teria editado um decreto de emergência irregular para contratar empresas supostamente fantasmas sem a realização de licitação. Uma dessas empresas de fachada funcionaria no mesmo endereço de um posto de molas que pertence ao secretário de administração Léo Oss.

Na época foi denunciado que a mecânica estaria no nome de um sobrinho de Leo Oss e um de seus funcionários. Um mês após a empresa ter sido aberta ela já havia sido contratada pela prefeitura, reforçando a suspeita de se tratar de uma empresa em nome de laranjas apenas para fornecer notas fiscais para a prefeitura. (Foto: Ilustrativa)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios