DestaquePolitica

Itamaraju: Sessão Câmara é esvaziada após pedido de abertura de CPI

Na noite desta terça-feira, 05, demonstrando desrepeito com a população, mais uma vez não foi realizada a sessão da câmara de vereadores de Itamaraju por ausência da maioria dos parlamentares.

Na sessão seria lido um pedido de abertura de CPI visando apurar possíveis irregularidades cometidas pelo prefeito Marcelo Angênica (PSDB), e de seu Secretário de Obras, Antônio Charbel, acusados de falsificarem documentos para receberem diárias e supostamente fraudarem uma licitação para aquisição de uma mini usina de asfalto.

Durante a sessão compareceram apenas 7 vereadores, incluindo a vice-presidente, Rose da Saúde que iria presidir os trabalhos na ausência de Adriano Pinaffo.

Apesar de estar em Salvador, antes da sessão, o prefeito Marcelo Angênica enviou seu chefe de gabinete, Gustavo Souto, para negociar com os parlamentares e conseguir o boicote da sessão.

Após a negociação, que possivelmente envolveu vantagens na Prefeitura, os vereadores Mazuk, Luís Pita, Chico do Hotel, Flavinho, Chico Giló e Super Gil não compareceram à sessão, que acabou não sendo realizada.

Segundo informações, há gravações da ação do chefe de gabinete na câmara Municipal negociando o boicote da sessão. A documentação será enviada ao Ministério Público para que apure o caso.

A leitura do pedido de CPI está agendada para a próxima semana, dia 12, onde serão escolhidos os integrantes da comissão.

Fontes ligadas ao prefeito afirma que o mesmo estaria negociando com os vereadores que assinaram o pedido de CPI buscando assim que eles retirem os seus nomes para evitar a investigação.

Assinaram o pedido de CPI os vereadores Evando Rodrigues, Zé do Bolo, Egnaldo Fernandes, Izabel Cristina, Som de Nova Alegria e Marcão da CUT.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios