DestaqueEntretenimento

Cabrália: Índio fatura R$ 50 mil em programa de Luciano Huck

Pela primeira vez um representante dos povos indígenas participou do Quem Quer Ser Um Milionário?. No palco do Caldeirão do Huck deste sábado, 3, Marcos Davi, da tribo Pataxó de Santa Cruz de Cabrália, na Bahia, faturou R$ 50 mil.

Neto da cacique da tribo, o estudante de 19 anos quer usar o valor do prêmio para fazer uma sala de informática na comunidade indígena onde foi criado.

“Ano passado, concluí o ensino técnico em informática, em Porto Seguro. Dentro da comunidade a gente não tem muito acesso à informática. E um dos meus projetos, quando estava concluindo o curso, era levar um centro de informática para dentro da comunidade”, disse Marcos Davi para Luciano Huck.

O participante cursa Direito na UFBA (Universidade Federal da Bahia) e sonha se tornar advogado para defender a causa indígena. Esse dinheiro também vai servir para investir na faculdade:

“Também para me manter na capital para eu seguir meus estudos. Saí de uma cidade pequena e ainda estou me adaptando.”

O cocá que Marcos Davi usou no programa – feito por um parente da aldeia, de pena de pato e de arara, e que significa proteção espiritual – não só deu sorte ao estudante, como ficou de presente para o apresentador.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios