CidadesDestaque

Itamaraju: Internauta denuncia veículos sucateados no transporte escolar

Um internauta registrou na tarde desta terça-feira, 29, veículos com aspecto de sucata realizando o transporte escolar de alunos da rede pública na cidade de Itamaraju, extremo sul do Estado. Segundo a denúncia, alguns dos veículos chegam a ter mais de 30 anos de uso.

Nas imagens que circularam nas redes sociais, aparece um veículo modelo Fiat Doblô, com vidros quebrados e com partes, aparentemente de isopor, coladas com uma espécie de fita adesiva para cobrir os buracos deixados pela ausência das janelas. O veículo também aparece com as luzes quebradas, pneus “carecas” e o para-brisa trincado, o que é proibido pela legislação de trânsito.

Além desse, as imagens também apresentam outros veículos do tipo Kombi, com quase 20 anos de uso e com aspecto de deterioração em virtude da idade avançada. Os veículos também apresentam pneus bem desgastados, colocando em risco a vida dos alunos.

No entanto o caso que mais chamou a atenção foi de um ônibus modelo Mercedes Benz com 31 anos de idade. Alguns alunos relataram a nossa reportagem que é comum esses veículos apresentarem problemas mecânicos e ficarem até 15 dias sem aulas. O município de Itamaraju tem um dos serviços de transporte escolar mais caros do extremo sul, onde é pago quase R$ 700 mil por mês a uma empresa LN Transportes, de Santa Luz, que, segundo informações, já é investigada em outras cidades pelos mesmos problemas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios