DestaqueEleições

João Roma vai deixar ministério para disputar governo da Bahia, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, na noite desta quinta-feira 10, durante live transmitida pelas redes sociais, que o ministro João Roma (Cidadania) vai se desincompatibilizar até o dia 2 de abril para disputar o governo da Bahia.

Ao todo, serão oito ministros que deixarão a titularidade de suas pastas para disputar eleições para governador, senador ou deputado federal. O presidente e o ministro Roma cumpriu agenda na manhã desta quinta-feira 10, em Feira de Santana, e tarde em Salvador.

Além de Roma, devem deixar o governo Damares Alves (Direitos Humanos), que disputará o governo do Amapá; Gilson Machado (Turismo), Senador por Pernambuco; Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), governo de São Paulo; Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Senado pelo Rio Grande do Norte; Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência), governo pelo Rio Grande do Sul; Tereza Cristina (Agricultura), Senado pelo Mato Grosso do Sul; Flávia Arruda (Secretaria de Governo), Senado pelo Distrito Federal; e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), deputado federal por São Paulo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios