DestaqueEsportes

Jogador teixeirense que jogava na Indonésia diz sofrer ameaças e pede ajuda

O teixeirense Alex dos Santos Gonçalves, de 31 anos, que vive na cidade de Tangerang, região metropolitana da capital da Indonésia, Jacarta, vive o pior pesadelo de sua careira como jogador de futebol.

O jogador gravou um vídeo onde revela estar isolado em seu apartamento, sem documentos, com uma intimação para comparecer á delegacia de polícia.

Alex é atacante do Persita Tangerang, time da primeira divisão do Campeonato Indonésio. Ele foi revelado na base do Grêmio, onde jogou com Douglas Costa, ele agora passa por uma situação jamais vista.

Sem visto de trabalho, sem passaporte e ameaçado pelo presidente do ex-clube, o Persikabo, ele não sabe quando poderá voltar ao Brasil e rever a família. O caso ganhou destaque na mídia durante essa semana. Ainda na gravação, Alex diz que o seu visto de trabalho venceu e o atual clube em que ele joga não consegue fazer um novo visto porque o ex-clube não tirou o nome dele da imigração.

O jogador afirma estar sofrendo retaliação por ter acionado o ex-clube à Fifa por conta de uma redução de salários devido a pandemia. Alex, que chegou a ter seus vencimentos reduzidos em 70% ganhou a causa na justiça e o ex-clube tem até o fim deste mês de dezembro para pagar a dívida de R$ 340 mil.

“Estou sem passaporte, estou desesperado e sendo ameaçado de morte”, disse Alex em um vídeo divulgado nas redes sociais. “Eu quero ir embora pra casa, não vejo minha família há um ano”, explica ele pedindo ajuda. “Por favor me ajudem”, apela o jogador.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios