DestaquePolicia

Nova Viçosa: Acusado de matar agente de saúde tem prisão decretada

A delegada de Nova Viçosa, Waldiza Fernandes, deu prosseguimento ao inquérito policial que tratava do homicídio da agente de saúde, Rozilene Preciosa Jovelino, assassinada em dezembro de 2015, na zona rural de Nova Viçosa. Na ocasião do crime, outras quatro pessoas ficaram feridas à bala e foram socorridas ao hospital.

A prisão preventiva de Leandro Henrique Rafael foi decretada pelo Juiz Humberto Marçal. O assassinato aconteceu por conta de uma disputa de som, em que no calor da discussão o autor, Leandro Henrique Rafael, foi até o seu carro, pegou uma arma e disparou diversas vezes contra o grupo em que estava a agente de saúde.

A agente levou um tiro na testa e morreu no local. Após dois anos, o processo ainda estava parado, e o acusado circulava livremente pelas ruas do distrito de Helvécia, onde mora. Logo após a realização de protestos realizados pela família da vitima cobrando justiça, o acusado fugiu e não foi mais visto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios