DestaqueEconomia

Preço ajuda a definir presente para as mães

Roupas, bijuterias e flores devem estar entre os itens mais procurados para presentear as mães no domingo, dia 12 de maio. A expectativa é pela venda de produtos mais em conta em razão da redução do poder aquisitivo dos filhos este ano. O presidente do Sindicato dos Diretores Lojistas da Bahia, Paulo Motta, desta vez acena com realistas 2% de crescimento no volume de vendas em relação ao ano passado e, mesmo assim, o percentual positivo vai depender da criatividade dos empresários, além é claro, da oferta de precinhos mais camaradas.

O uso do cartão de crédito é a maior esperança nas condições de pagamento, uma vez que a data, quase em meados do mês, é posterior ao período de honrar as contas que não se pode deixar de pagar, como luz, água e condomínio, além da feira e de medicamentos. O otimismo não é o mesmo de anos anteriores porque o cenário de redução de postos de trabalho e expectativa de aumentos nos preços de combustível não permitem animação.

Os filhos mais apaixonados vão fazer um esforço para adquirir móveis, que estão entre os itens favoritos, com valor acima da média dos presentes relacionados como prováveis campeões de venda.

Já a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomércio) havia divulgado uma expectativa positiva de crescimento de 9,1%, levando em conta variáveis diferentes do Sindilojas. Somente em vestuário, tecidos e calçados, a alta chegaria a mais de 21%. Farmácias e perfumarias teriam projeção de 10% de aumento de vendas, segundo a entidade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios