DestaquePolitica

Prefeito defende plantio de eucalipto em Itamaraju durante entrevista

O prefeito de Itamaraju, Marcelo Angênica (PSDB), concedeu entrevista na tarde de ontem, 21, na Rádio Terramar FM onde, entre outros assuntos, comentou sobre a decisão judicial que tornou inconstitucional os artigos da lei que limitava o plantio de eucalipto no município de Itamaraju.

Durante a entrevista, Marcelo Angênica criticou a lei municipal criada em 2001, e que restringe o plantio de eucalipto. O gestor disse que lei é muito rígida e tem vários pontos que são inconstitucionais. Sem comentar sobre os danos ambientais e o desemprego que pode ser gerado com o êxodo rural, o prefeito ainda defendeu que o plantio eucalipto é “uma opção para o município”, e que os produtores rurais precisam ter direito a essa opção e que “tem benefícios”. CONFIRA UM TRECHO DO VÍDEO:

O prefeito chegou a xingar e atacar o vereador Marcão da Cut e as demais pessoas que divulgaram a informação sobre a decisão judicial que tornou inconstitucional os artigos que limitavam o plantio de eucalipto. Marcão é responsável pela realização de uma audiência pública que acontecerá no próximo dia 12 de fevereiro na Câmara Municipal para discutir os impactos sociais e ambientais do plantio de eucalipto.

Marcelo Angênica ainda confessou que desde 2017 tem se articulado com a empresa responsável pelo plantio de eucalipto na região. Durante a entrevista ele chegou a confirmar que tentou negociar com a câmara de vereadores a liberação do eucalipto, inclusive fazendo visita até a empresa na cidade de Mucuri. Ele ainda disse que em 2017 chegou a realizar um evento para apresentar a proposta de plantio de eucalipto e os supostos benefícios que seriam oferecidos para quem plantasse eucalipto na cidade de Itamaraju.

O vereador Evando Rodrigues também confirmou à nossa equipe de reportagem que em 2017 o prefeito Marcelo Angênica convocou uma reunião para tratar da liberação do eucalipto, inclusive teria pedido o apoio da câmara de Itamaraju para mudar a lei, no entanto os vereadores teriam se recusado e teriam dito que não mudariam a legislação que trata sobre o tema.

Marcelo Angênica não comentou sobre o fato de que desde 18 de dezembro do ano passado que já havia sido obtida a liminar para tornar inconstitucional a lei que limitava o plantio de eucalipto, e também não comentou por qual razão a informação havia sido mantida em sigilo pela prefeitura. Nossa equipe divulgou o fato com exclusividade, e só teve acesso à informação após um funcionário da prefeitura vazar os documentos no início de janeiro.

Marcelo Angênica também confessou que o secretário de Agricultura de Itamaraju, Ivan Favarato Filho, é um plantador de eucalipto e defende o plantio na cidade. Após a repercussão negativa das afirmações feitas durante a entrevista o prefeito apagou o vídeo da entrevista.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios