CidadesDestaque

Sérgio Moro pede explicações ao MPF sobre assassinato de investigado na Lava Jato

O juiz Sérgio Moro pediu nesta sexta-feira 26, explicações ao Ministério Público Federal (MPF) sobre a morte de José Roberto Soares Vieira, assassinado a tiros no dia 18 de janeiro, na Bahia.

José Roberto Soares Vieira foi vice-prefeito da cidade de Ourolândia, Bahia, de 2012 a 2016.  Ele respondia a ação penal por corrupção e lavagem de dinheiro e confessou ter ajudado a desviar dinheiro da Transpetro, na Bahia, junto com o ex-diretor da empresa José Antônio de Jesus. Os dois foram alvos da 47ª fase da Operação Lava Jato.

“Não se pode excluir a possibilidade de que o homicídio esteja relacionado a esta ação penal, já que, na fase de investigação, o referido acusado aparentemente confessou seus crimes e revelou crimes de outros”, disse Moro no despacho.

José Roberto Soares Vieira foi denunciado na Lava Jato em dezembro de 2017, junto de três pessoas. Batizada de Sothis, a fase da Lava Jato ocorreu em quatro estados: Sergipe, São Paulo, Bahia e Santa Catarina.

Segundo o MPF, as investigações começaram com base em informações de delações premiadas de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, e de executivos da NM Engenharia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios