DestaqueEleições 2020

Dalvadisio apresenta ao TRE ata de convenção com dados falsos e pode ter registro indeferido

O candidato a vice prefeito pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) em Itamaraju, Dalvadisio Lima, apresentou uma ata de convenção à justiça eleitoral contendo informações falsas em relação à sua filiação e poderá se complicar diante da Justiça Eleitoral.

De acordo com o documento, Dalvadisio Lima apresentou informação falsa ao se colocar como presidente do Partido Social Democrático (PSD), que na verdade é o partido presidido pelo candidato a prefeito Luiz Mário. A ata ainda aponta que o PSD teria indicado, durante a convenção, Dalvadisio como vice prefeito na chapa composta com o PSDB, que tem como candidato a prefeito Marcelo Angênica, fato que não é verdadeiro.

As informações falsas da ata de convenção causaram alvoroço nas redes sociais, tendo em vista que Dalvadisio Lima não poderia decidir sobre a convenção partidária do PSD, pois o mesmo não é filiado ao referido partido. De acordo com a Justiça Eleitoral, no caso de irregularidades em atas dos partidos e comprovação de falsidade, o registro de candidatura dos candidatos podem ser indeferidos. Caso esse seja o entendimento da justiça local, até mesmo os candidatos a vereadores do PDT também poderão ser prejudicados com a nulidade da ata de convenção. CONFIRA ABAIXO O DOCUMENTO: 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios