DestaquePANDEMIA

Prefeito nega implantação de leitos de UTI no hospital de Itamaraju

O Secretário de Estadual de Saúde Fábio Vilas-Boas informou que a prefeitura de Itamaraju negou ceder o espaço para a implantação de 20 leitos de UTI para atender pacientes de Coronavírus (Covid-19) na cidade.

A informação foi confirmada pelo secretário na manhã deste sábado 11, em um vídeo onde Vilas-Boas afirma que o prefeito de Itamaraju Marcelo Angênica (PSDB) voltou atrás após oferecer o Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), para servir como base regional de referência no combate ao Covid-19.

De acordo com o secretário, a implantação de 20 leitos de UTI para a Covid-19 no HMI havia sido combinada entre o prefeito, o governador Rui Costa e ele em reunião por telefone, na última quinta-feira 9, mas a equipe de técnicos da Sesab foi recebida de forma hostil por manifestantes na entrada do hospital e logo após o prefeito divulgou nota sendo contrário ao projeto proposto por ele ao governo do estado.

“Eu lamento que o prefeito tenha voltado atrás em sua decisão, nós esperávamos que ele entrasse em contato com o governo e manifestado seu desinteresse, ao invés de tornar público inverdades sobre o governador”, disse Vilas Boas, que tranquilizou a população acrescentando que o governo do estado buscará a melhor opção para sanar a crise sanitária que vive o País de forma a garantir a assistência da população a saúde.

Desde o início da semana o impasse sobre o assunto é alvo de discussões acaloradas nas redes sociais.
Um vereador de Teixeira de Freitas já fez um apelo ao governador Rui Costa para que osleitos de UTI sejam instalados na cidade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios