Destaqueturismo

Convênio estimula ecoturismo na comunidade indígena de Veleiro em Prado

Turistas que visitarem a comunidade indígena de Veleiro, no município de Prado, território Extremo Sul, passarão a contar com mais estrutura para contemplar e desfrutar das belezas naturais que o lugar oferece.

O convênio entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e a Associação de Pescadores e Agricultores Rurais de Veleiro (Asparv), foi assinado nesta quarta-feira, 18, durante a Caravana Parceria Mais Forte – Juntos Para Alimentar a Bahia, no município Teixeira de Freitas. O valor total é de R$ 444 mil para a execução das obras e a aquisição de equipamentos para a comunidade.

O gestor da Coordenação Executiva de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex/SDR), José Tosato, destacou que o convênio assinado é muito significativo, pois eles foram selecionados pelo edital do projeto Bahia Produtiva, da CAR/SDR, que contemplou projetos Socioambientais para a Conservação e uso Sustentável da Biodiversidade.

“Veleiro é uma comunidade indígena que abrange povos da aldeia Tawá e Pataxó, e tem grande apelo ambiental. Lá é possível desfrutar de um turismo cultural e ecológico, além de poder provar de uma culinária tradicional que advém da agricultura familiar, por meio da pesca. Tudo isso somado a paisagens paradisíacas. Tenho certeza que os recursos alocados, via convênio, irão potencializar ainda mais a economia local, ajudando na sustentabilidade das famílias da comunidade”, persevera.

O presidente da Asparv, Vinicius Moura, ressaltou que a assinatura do convênio vai possibilitar a pavimentação das trilhas, aquisição de máquinas e equipamentos, além da construção de chalés para recepcionar os turistas. “Diretamente e indiretamente, cerca de 150 famílias serão beneficiadas com a qualificação do ecoturismo na comunidade, que fica próximo à praia do Corumbau”.

Para o secretário de Agricultura do município de Prado, Lenilson dos Santos, as ações previstas no convênio irão viabilizar mais estrutura para a comunidade Veleiro, e reforçar o desenvolvimento do município. “Veleiro é uma comunidade indígena que tem muitas belezas para serem mostradas. Agora, além da agricultura e da pesca, será possível apostar ainda mais no ecoturismo, gerando emprego e renda para o pessoal, assim ganha eles e a economia local também”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios