DestaqueEconomia

Lançada a pedra fundamental para instalação de empresa de Mineração em Itabela

A cidade de Itabela no Extremo Sul da Bahia, acaba de dar um grande passo para o desenvolvimento do município, depois do lançamento oficial, na tarde desta quinta-feira (02), da empresa de mineração, South Star Battery Metals.

A cerimônia de lançamento da pedra fundamental foi realizada em uma área do Projeto de Grafite Santa Cruz na Bahia, situado a cerca de, oito quilômetros do centro da cidade de Itabela. A expectativa que a primeira fase de implantação do empreendimento seja entregue no segundo trimestre de 2023.

O Presidente e CEO da South Star Battery Metals, Richard Pearce destaca que a empresa está sediada no segundo polo de produção de grafite do mundo e conta com mais de 80 anos de expertise nessa área. “A South Star é uma empresa focada na produção sustentável e segura de metais industriais e minerais de bateria para aplicações em energia verde e tecnologias limpas”, afirmou.

Richard Pearce destaca ainda a importância do grafite no mundo moderno e a procura por esse minério tem sido cada vez mais crescente, para suprir a demanda energética das grandes corporações. Ocupando uma posição estratégica, o Brasil é o terceiro país mais importante na produção e comercialização de metais para baterias no mundo, ficando atrás apenas da China e da Austrália.

O grafite está presente em várias áreas da produção industrial dos grandes centros urbanos, entre eles o segmento de baterias de alta tecnologia como siderurgias, fundições, lubrificantes, eletrônicos e indústrias automotivas. É utilizado em baterias de íons de lítio, grafeno, isolamento e revestimentos resistentes ao fogo e materiais de construção, o mineral representa hoje, cerca de, 95% do componente do ânodo para tecnologias de baterias comerciais, como no caso dos veículos elétricos.

A população de Itabela acompanha com ansiedade a implantação do Projeto de Grafite Santa Cruz que foi dividida em duas fases, devidamente planejado para diminuir os impactos da instalação da nova unidade. A primeira fase do empreendimento será dedicada na construção da planta piloto de concentrado, com capacidade de 5 mil toneladas por ano. Esta fase do projeto será realizada no começo de junho e se estende até 2023. A segunda etapa vai focar na implementação da planta de concentrado de grafite planejada, com a estimativa de produção entre 25 mil a 30 mil toneladas por ano.

O início da produção comercial está próximo. Planejamos para o segundo trimestre de 2023. É o momento perfeito para se ter um ativo estratégico e escalável em uma importante localidade, entrando em operação na cadeia de suprimentos de metais para baterias”, pontuou o Presidente e CEO da South Star Battery Metals, Richard Pearce.

A South Star acredita em alguns pilares que certamente vão estar presentes no Projeto de Grafite Santa Cruz, tais como a adoção de elevados padrões de gestão que priorizam a saúde e segurança, a preservação do meio ambiente, além do comprometimento com o desenvolvimento do município de Itabela e região.

A chegada da empresa canadense de mineração por si só já entra para a história como a primeira grande indústria da região e vai contribuir para a geração de emprego e renda. A South Star já assinou termo de compromisso para contratação responsável e equitativa de trabalhadores em parceria com a Prefeitura Municipal de Itabela. A expectativa é de geração de pelo menso 65 empregados diretos e 350 indiretos, nessa primeira fase.

A medida que o empreendimento ganha forma, a população de Itabela e região será beneficiada, na fase 2, com 125 empregos diretos e 700 indiretos. A partir da sua inauguração devem ser desenvolvidos projetos sociais, de acordo com as necessidades da região.

O Projeto de Grafite Santa Cruz se destaca também pelo compromisso com a sustentabilidade que incluem ações de utilização de rejeitos filtrados (pilha seca), baixa demanda de captação de recursos hídricos, com reaproveitamento da água, o uso de energia renovável, sendo que os resíduos e rejeitos são caracterizados como inertes.

“Estamos diante da implantação e operação de um projeto em linha com as melhores práticas de desempenho socioambientais. A South Star possui uma equipe executiva experiente, com um forte histórico de pesquisa mineral, desenvolvimento, construção e operação de minas no Brasil. Gostaríamos de agradecer a todos os envolvidos pelo apoio contínuo nesta importante conquista. Estamos ansiosos para iniciar a construção”, ressaltou Richard Pearce.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios